Como Arquiteto e Urbanista e a favor da mobilidade sustentável sabemos que o principal problema para que ocorra essa segregação do espaço e os veículos automotores tomem conta de todo o espaço urbano seja principalmente pela despriorização do pedestre na cidade, onde cada vez mais a calçadas vão deixando de existir e as que sobram é uma verdadeira briga pelo espaço com os equipamentos urbanos como postes, lixeiras, orelhões, placas de sinalizações para os carros, propagandas, desníveis e vários… muitos… inicalculáveis empecilhos.
Todas as ONGs, Redes e Grupos a favor da mobilidade sustentável precisa também lutar para um maior direito do pedestre e cobrar do poder público, afinal de contas nós ciclistas em algum momento também nos tornamos pedestres..
Confira o texto bem interessante e divertido publicado na revista AU de Dezembro por Sergio Teperman ” Calçadas Descalças “
Post Criado por Felippe César

One thought on “” Calçadas Descalças “

  1. Muito bom!

    Creio que é também uma questão cultural. Quando vim morar em Natal a uns 17 anos, o transito era super calmo, mas já não haviam calçadas. Claro que com o passar o tempo a coisa piorou muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *