Apenas 40% da malha cicloviária de Aracaju tem condições consideradas ideais de uso. Essa conclusão é da ONG Ciclo Urbano que, ao conversar com nossa reportagem, mostrou a situação da avenida Augusto Franco – onde a ciclofaixa apresenta inúmeros buracos e estruturas deterioradas. Ciclistas endossam as críticas e admitem que não é seguro andar de bicicleta na capital sergipana. A falta de recursos, segundo o superintendente da SMTT, Renato Telles, compromete a manutenção.

Via Infonet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *