Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Com o intuito de conscientizar principalmente o público jovem, o Observatório Nacional de Segurança Viária produziu um vídeo para lembrar o Dia Mundial em Memória das Vítimas do Trânsito que é sempre comemorado no terceiro domingo de novembro de cada ano (em 2013 – 17 de novembro).

Visando chamar a atenção do maior número de pessoas, o vídeo foi postado na internet no último dia 11, com a seguinte mensagem: “Não são números. São vidas!”, para mostrar que, o comportamento das pessoas é que, na maioria dos casos, define as fatalidades. Para isso, atores de diversas faixas etárias foram vestidos e maquiados de “fantasmas”. Como adereço de mão, ganharam um volante, uma garrafa de bebida alcoólica, um celular, um capacete e uma bicicleta.

Durante algumas tardes e noites do mês de outubro, em avenidas movimentadas da capital paulista, os fantasmas perambularam, chamando a atenção de quem passava.

O filme foi dirigido por Henrique Marchina, da Combo Filmes e contou com atores profissionais. “Nosso grande desafio era trabalhar o filme com uma dinâmica diferente, colocando a sociedade em conflito com tudo que está acontecendo no trânsito. A sociedade precisa ser protagonista e agente transformador no trânsito.

Foi aí que surgiu a ideia da intervenção urbana. As expressões de pedestres e motoristas que acompanharam a intervenção foram as mais variadas: espanto, curiosidade, otimismo e reflexão. É lógico que a estatística de mortes e feridos por dia assusta. Mas, o que assusta muito é pensar que a sociedade está tratando vidas como números. É hora de mudar. Não são números. São vidas“, explica Henrique.

Para o presidente do Observatório, José Aurelio Ramalho, “o filme traz a dura realidade de quem passa pela dor da perda de alguém querido no trânsito do nosso país. Procuramos mostrar que beber e dirigir e falar ao celular ao volante são situações inconcebíveis nos dias atuais. Além disso, chamamos a atenção para quem anda de bicicleta e de motocicleta todos os dias, para que tenham cuidado em qualquer rua ou avenida que estejam, numa cidade grande ou não. Essas ações precisam de 100% da nossa atenção”, afirma Ramalho.

O Observatório entende que dessa forma, além de homenagear as vítimas, estará chamando a atenção da sociedade, mídia e autoridades para que as ações de conscientização não aconteçam somente em datas especiais, como o terceiro domingo de novembro. A data para questionar sobre o nosso comportamento no trânsito é hoje. É todo dia. O Observatório entende que todos nós podemos e devemos fazer mais por um trânsito seguro.

Sobre o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito

Foi criado em 1993 por RoadPeace, uma organização de caridade do Reino Unido em prol das vítimas de acidentes rodoviários. Desde então a RoadPeace, a Federação Europeia e as organizações parceiras, realizam essa paralização em todo o mundo. Em 26 de outubro de 2005, a Assembleia Geral Das Nações Unidas adotou a resolução 60/5 para melhorar a segurança viária no mundo. A resolução convida os Estados-Membros e a comunidade internacional para designar o terceiro domingo de novembro como o Dia Mundial em Memória das Vítimas do Trânsito.

No Brasil, a cidade sede desse ano para a concentração do evento será Brasília – DF. Em outras cidades de todo o país também haverá homenagens.

Veja o filme, no link: http://www.youtube.com/watch?v=pnMlPuGriUc

Sobre o Observatório Nacional de Segurança Viária

Uma organização não governamental sem fins lucrativos, reconhecida pelo Ministério da Justiça como OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) que trabalha permanentemente com campanhas e pesquisas que ajudam a conscientizar, apoiar e divulgar iniciativas que tenham reflexo positivo na diminuição de acidentes de trânsito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *